Português Español English Français
EM DESTAQUE

Escrita Digital instala XRP |Formação no CERMI

A Escrita Digital foi escolhida pelo CERMI (Centro de Energias Renováveis e Manutenção Industrial) de Cabo Verde para fornecimento da aplicação XRP |Formação, com o objetivo de apoiar formadores e formandos nos seus estudos.

 newsletter   recrutamento   contactos 
RSS
facebook
Linked in
RH e novas tecnologias
Setembro 2013

«Formação e gestão por competências:
Fatores decisivos na mobilização dos colaboradores e no sucesso das organizações»

As novas tecnologias atualmente ao dispor das organizações trouxeram um importante contributo para o desenvolvimento e para a capacidade produtiva destas, permitindo-lhes gerir melhor, de forma integrada e em tempo real, os seus recursos humanos. Na edição de setembro da revista Human, Carla Sacadura Cabral, gestora de produto da Escrita Digital, dá conta da importância crescente que a formação e a gestão por competências dos recursos humanos assumem, nos nossos dias, no sucesso das organizações.

Leia o artigo na íntegra no seguimento desta notícia ou consulte aqui o PDF do artigo publicado.



«Formação e gestão por competências:
Fatores decisivos na mobilização dos colaboradores e no sucesso das organizações

A motivação dos colaboradores é um fator determinante no sucesso das organizações e tal só se consegue adotando boas práticas de recursos humanos, das quais a formação contínua é imprescindível face à mudança permanente exigida por uma sociedade cada vez mais globalizada e competitiva. Se, por um lado, uma adequada, sistemática e atualizada formação dos colaboradores face às necessidades impostas pela(s) função(ções) que estes desempenham contribui para uma maior motivação num exercício profissional de excelência, por outro, uma gestão dos recursos humanos das organizações feita de acordo com as competências desses mesmos recursos humanos contribui para uma maior rentabilidade do capital humano disponível, proporcionando novas oportunidades e maior satisfação aos colaboradores.

As novas tecnologias atualmente ao dispor das organizações trouxeram um importante contributo para o desenvolvimento e a capacidade produtiva destas, permitindo-lhes gerir melhor, de forma integrada e em tempo real, os seus recursos humanos.

A Escrita Digital desde há muito que acredita que a associação da formação à gestão por competências é uma combinação vencedora, quer por rentabilizar o investimento na formação, quer por permitir melhor adequar a formação às capacidades e às motivações dos colaboradores. Nesse sentido, temos vindo a desenvolver a aplicação XRP |Gestão da Formação, uma ferramenta que assegura toda a gestão administrativa da formação, sempre com base numa ligação à gestão por competências.

Uma das questões essenciais a que esta ferramenta da Escrita Digital dá, então, resposta diz respeito às competências dos colaboradores: que competências possuem, que competências têm de adquirir para o desempenho qualificado de uma função e que formação é necessária para tal.

A aplicação XRP |Gestão da Formação possibilita a associação de todos os cursos a competências e a associação de competências a funções. Partindo da definição, para todas as funções, de quais as competências obrigatórias para que um colaborador possa exercer uma determinada função e, para cada competência, quais os cursos obrigatórios para se considerar que um colaborador possui uma determinada competência, são disponibilizados motores de busca e relatórios que permitem, de uma forma imediata, obter informação sobre quem não está qualificado, sobre quem está qualificado e em quê. Para uma melhor explicitação desta potencialidade da ferramenta, observe-se a imagem 1, abaixo:



Atualmente, e de uma forma resumida, a ferramenta XRP |Gestão da Formação Formação adotou os seguintes princípios na ligação da formação à gestão por competências:

  • A identificação das necessidades de formação; basicamente, através da comparação das necessidades de qualificação, quer face às funções que cada colaborador desempenha, quer face às necessidades da organização em função dos trabalhos a produzir;
  • A gestão das qualificações, permitindo, assim, saber de que colaboradores se dispõe, o que sabem fazer, o que podem fazer e o que necessitam aprender;
  • A deteção dos gaps de competência e a identificação daqueles que podem ser suprimidos por formação.»
Sacadura Cabral, C. (Setembro, 2013) «Formação e gestão por competências: Fatores decisivos na mobilização dos colaboradores e no sucesso das organizações». In Human, n.º 57 (pp. 24-25).

 

Partilhar |
Ajouter aux Favoris Imprimir Home style= Voltar
 política de privacidade  |  ficha técnica   copyright Escrita Digital, S.A. 2002